UNS AMB ALTRES
Festival Ventania 2021

Teatro Físico / Circo contemporâneo [Estreia]

UNS AMB ALTRES

Projeto ar­tís­tico de in­ves­ti­ga­ção sobre a posição do in­di­ví­duo na so­ci­e­dade. As questões de respeito, li­ber­dade, in­di­vi­dual e coletiva, sem colocar em causa a li­ber­dade dos outros. Como aceitar o quadro social , que nos con­di­ci­ona e cose o tecido da re­a­li­dade a que estamos sujeitos sem perder a nossa in­di­vi­du­a­li­dade, a au­ten­ti­ci­dade e a li­ber­dade do pen­sa­mento in­di­vi­dual.

Ficha técnica

Criação: Pau Portabella
Elenco: Coletivo VENTANIA (Berna Huidobro, Lilli Schulz, Jessica Barreto e Ana Moura)

Últimas apresentações

  • sábado, 12 junho 2021 / 17h

    Sítio das Fontes, Lagoa / evento

  • quinta, 3 junho 2021 / 19h

    Espaço Jovem, Lagos / evento

Pau Portabella

Pau Por­ta­bella

Iniciou em 1999 a sua formação em teatro e ex­pres­são corporal na “El Timbal”, escola de circo (Bar­ce­lona). Aí estudou teatro gestual, mímica, clowning e im­pro­vi­sa­ção. Seguiram-se os cursos de Acro­ba­cia na Rogelio Rivel e na Le Lido (França). Foi per­for­mer e produtor em es­pe­tá­cu­los como “Ahoüt” (Cirk Oblique) e “CRU” (Fet a Mà). De 2008 a 2011, par­ti­cipa em diversos pro­jec­tos in­ter­dis­ci­pli­na­res (circo, dança, teatro, etc.), como são exemplos: “la fuite à cheval” (“com­pag­nie d'Elles”), “le vouleur des poules” (“Cri de Coeur”), “Cabaret ch­ro­ma­ti­que” (company “Transe Express”), “Cirkus Klezmer”, entre outros. De­sen­volve um trabalho pe­da­gó­gico desde 2007 até ao presente. Trabalha atu­al­mente como diretor ar­tís­tico e dra­ma­turgo nos projetos: “Sim­bi­o­sis” (Aware) “Picadero” (Haa Co­lec­tive) “Nus” (Cèlia Maoll) e “Ambiguo” (com a sua própria com­pa­nhia).

Coletivo VENTANIA

Co­le­tivo VEN­TA­NIA

O Coletivo VENTANIA irá começar a traçar o seu percurso na 3ª edição do VENTANIA - Festival de Artes Per­for­ma­ti­vas do Bar­la­vento em 2021. Fruto de um OPEN CALL para artistas re­si­den­tes no Algarve, aberto a todas as áreas das artes per­for­ma­ti­vas (dança, teatro, circo con­tem­po­râ­neo, música…), pretende enraizar na região o conceito da ci­da­da­nia ar­tís­tica, através da criação de projetos ar­tís­ti­cos que so­li­di­fi­que o mercado cultural do Algarve. Aberto a uma plu­ra­li­dade de áreas, o Coletivo VENTANIA pretende ser um projeto âncora de criação coletiva no Algarve. Con­tem­plando uma re­si­dên­cia ar­tís­tica e criação de um es­pe­tá­culo com a ori­en­ta­ção da Direção de um artista con­vi­dado. O primeiro artista con­vi­dado para dirigir Coletivo VENTANIA é Pau Por­ta­bella, artista catalão da área do circo con­tem­po­râ­neo.